astrologia-e-lideranca

Astrologia e liderança: descubra como potencializar sua carreira

Ocupar um cargo de liderança é uma grande responsabilidade. Isso porque ser líder requer habilidades e características essenciais para um ambiente harmônico e produtivo. A liderança é a capacidade de fazer com que um grupo de pessoas queira executar as ideias de uma pessoa (o líder) em prol de um valor em comum. O verdadeiro líder não tem subordinados, mas sim seguidores. Existem diversas formas de capacitação para o desenvolvimento de bons líderes: cursos, workshops, treinamentos e.. a astrologia.

Você deve estar se perguntando: o que a astrologia tem a ver com a minha carreira? A Astrologia é um vasto saber que abrange várias esferas de vida. A carreira ou vida profissional são algumas delas. Quando se analisa o mapa de nascimento de uma pessoa é possível saber, através da compreensão de sua personalidade e suas forças, quais atitudes e comportamentos podem ser melhor utilizadas em prol de sua carreira. Nesse sentido, o conhecimento astrológico contribui para que você tenha mais consciência de suas qualidades e explore ao máximo seus potenciais.

Há fatores astrológicos capazes de impactar de forma positiva ou negativa na sua carreira, é preciso saber explorá-los. O mapa astral é considerado o DNA cósmico da pessoa, através de técnicas de interpretação identificamos fatores que favorecem a sua carreira e outros que podem ser sabotadores. Por isso, a importância de ter consciência tanto de suas forças quanto das dificuldades, para usá-las de forma mais estratégica.

Quando falamos em estratégia, o processo de autoconhecimento também tem papel fundamental na construção de uma imagem profissional eficaz. Isso porque o resultado desse processo mostrará quais são suas qualidades, valores, desafios, potências e outros. Com isso, você se torna apto a fazer escolhas que proporcionem um impacto positivo na sua vida pessoal e profissional.

Uma posição de liderança, como mencionei no início desse post, exige a capacidade de transformar colaboradores em seguidores. Isso acontece porque a percepção sobre você muda, sendo visto como agregador em vez de alguém que apenas dá ordens. Dessa forma, existem vários tipos de liderança. De acordo com os signos e as posições dos planetas no seu mapa astral descobrimos que tipo de liderança você pode exercer, e como pode desenvolver ao máximo esse potencial.

Além de colaborar para o desenvolvimento de características de liderança, a astrologia pode contribuir para a conquista dessa posição. Isso porque uma vez que você conhece as suas forças e seu estilo de liderança é possível potencializá-las ao máximo e assim traçar um plano de ação para colocar essas qualidades em prática. Assim você estará preparado para alcançar seus objetivos! Afinal, como diria Einstein, para obter resultados diferentes é preciso fazer coisas diferentes.

tendências de moda

Tendências de moda: como usá-las de forma estratégica para a sua imagem

Durante o ano surge uma infinidade de tendências de moda, criadas por estilistas famosos ou através de movimentos culturais, street style e outros. Apesar de relacionarem moda com imagem, muitas pessoas podem transmitir uma imagem distorcida por não avaliar as tendências de forma estratégica. Isso acontece porque elas se esquecem de algo essencial para a criação de uma boa imagem. Que uma identidade visual eficaz deve levar em consideração a sua essência e personalidade. Ao aderir a uma tendência que não esteja alinhada com quem você é, ou com os seus objetivos de imagem, pode gerar uma percepção equivocada sobre você.

Como sempre gosto de enfatizar a nossa imagem é o nosso cartão de visitas, seja na vida pessoal ou profissional. Ela é responsável pela primeira (e também outras) impressão que causamos nos outros. Como a imagem é formada não só pela aparência, mas também por gestos, tom de voz e comportamento a sua
importância para a vida de qualquer pessoa é evidente. Ela afeta diretamente a sua comunicação com os outros e a percepção que eles têm de você.

Por esse motivo é preciso reforçar que a moda não é parte essencial da consultoria de imagem, mas pode e deve ser uma aliada na construção de uma boa imagem. Dessa forma podemos olhar para as tendências de moda como opções estratégicas para a sua imagem. E quando falamos em inserir tendências estratégicas na construção de uma boa imagem é importante colocar intenção no vestir. Pensar se aquilo que você está usando está comunicando aquilo que você imagina ou deseja. Se a percepção dos outros a seu respeito corresponde a quem você é de verdade.

Isso porque ninguém deve aparentar aquilo que não é ou que não corresponda de fato com a sua personalidade. Por isso, diante de tanta variedade de tendências e opções de estilo, você só deve adquirir aquelas que estão alinhadas com seus objetivos de imagem, sejam eles pessoais ou profissionais. Nesse sentido, o desenvolvimento de uma boa imagem vai muito além do visual e das tendências de moda. É essencial considerar particularidades da personalidade e a essência do indivíduo, por exemplo.

Você deve estar se perguntando como avaliar todos esses critérios para escolher as tendências adequadas para a sua imagem, não é?! Por meio de algumas ferramentas e processos. O principal deles, no meu método de trabalho, é o processo de autoconhecimento. Quando a pessoa já passou por esse processo, e sabe quais são as qualidades predominantes da sua personalidade, se torna mais fácil criar estratégias de imagem que sejam eficazes. E para isso, existem ferramentas que tornam possível fazer com que essas qualidades se tornem visíveis também na aparência. Ficou mais claro qual a importância de uma escolha estratégica das tendências de moda para a sua imagem? Gostaria que, como proposta de reflexão, fizesse uma auto avaliação e compartilhasse nos comentários suas observações.

Você é consumista? – Harper’s Bazaar Brasil

Você faz parte daquele time de mulheres que se joga nas compras ou pertence aquela parcela da ala feminina que pensa duas vezes antes de sair do shopping carregada de sacolas? Se é do tipo que recebe o salário, vai direto às compras e está sempre disposta a ser a primeira a usar uma determinada tendência, não tem jeito: você é uma consumista perdulária.

Se, ao contrário, prefere esperar uma boa oportunidade de compra e está sempre atenta às liquidações, você está entre as consumidoras conscientes. Por que nos diferenciamos tanto no momento da compra?

especialista em Imagem e Astrologia Mariana Queima explica que o nosso perfil de consumo está diretamente relacionado a nossa personalidade. Mariana ressalta que aastrologia também influencia bastante na nossa maneira de lidar com o dinheiro.

voce-e-consumista-harpers-bazaar

A especialista dá cinco dicas preciosas para evitar o consumo desenfreado, faz uma análise do comportamento de cada signo na hora das compras e revela como cada um deles lida com as finanças. Vem conferir as orientações de quem entende do assunto:

1. Saia de casa com uma lista ou objetivo de compra definido, assim você evita as compras por impulso e se atém aquilo que programou;

2. Na dúvida, não compre. Volte para casa e espere pelo menos até o dia seguinte, veja se já não tem no closet algo semelhante;

3. Só compre uma peça nova se já tiver no armário outras que irão combinar. Se não, é certo que precisará comprar mais itens para coordenar;

4. Não compre as novas tendências de moda por impulso. Primeiro pense se é uma tendência que combina com a sua personalidade, que está alinhada com seus objetivos de imagem e se a roupa favorece seu biotipo. E, por fim, se você tem outras peças no guarda-roupa para usar com ela.

5. Em relação aos acessórios, compre sempre na cor que você mais gostou. Não leve na versão mais básica pensando que irá usar mais vezes, porque eles podem ser o ponto de cor do seu visual e dar um efeito mais interessante!

voce-e-consumista-harpers-bazaar-mariana-queima

Agora veja abaixo como cada signo se comporta quando o assunto é dinheiro:

 Áries:

A ariana é mão aberta. Gosta de presentear e materializar seus afetos. Pode ser impulsiva quando se apaixona por alguma peça e costuma gastar dinheiro com mais facilidade do que guarda. É do tipo que vê, experimenta (se tiver tempo!), e vai logo querendo saber aonde está o caixa.

Touro:
Taurinas são conservadoras, sabem poupar e costumam administrar bem suas finanças. São práticas e não gostam de desperdícios. Boas compradoras, têm “olhos clínicos” e identificam um bom investimento, ou uma boa relação custo/benefício. Gostam de coisas boas e duradouras. Preferem ir a bazares, liquidações e outlets, onde podem adquirir coisas de qualidade pelo menor preço.

Gêmeos:

A mulher de gêmeos é esperta, sagaz e intuitiva. Pode comprar bem e vender melhor. Porém, às vezes, pode confiar demais na sua intuição. Pode ser indecisa e volúvel também nos gastos. É influenciável e pode comprar a mesma peça que uma amiga comprou. Deve ficar atenta para não gastar com bobagens, acumulando coisas descartáveis ou de pouca utilidade.

Câncer:

As cancerianas gostam de se auto presentear e são muito generosas com os seus protegidos. Não esperam datas nem comemorações para demonstrar seu afeto. Preferem peças de qualidade e, quando a condição financeira permite, não hesitam diante de produtos de luxo. Gostam de gastar dinheiro com coisas para casa em razão da grande ligação que têm pelo lar. Embora sejam econômicas e avessas a desperdícios, têm um medo atávico de algo lhes faltar. Por isso, gostam de fazer coleções e estoques de tudo (comida, roupas, utensílios de casa e etc). Costumam ter um armário cheio porque não se desfazem de roupas antigas, têm uma relação sentimental com seus pertences.

Veja a matéria completa no site da Harper’s Bazaar Brasil: 

http://harpersbazaar.uol.com.br/moda/voce-e-consumista/

cartela de cores

Cartela de cores: 3 dicas para adequá-las às suas necessidades

As cores são um dos elementos visuais mais importantes para a imagem de uma pessoa. Isso porque cor é energia, vibração e cada cor e suas tonalidades comunicam mensagens. A escolha das cores no visual diz muito sobre nosso estado de espírito, humor e personalidade. E por esse motivo a utilização de uma cartela de cores adequada torna-se essencial para manter uma imagem consistente e positiva.

Além disso, as cores comunicam mensagens e possuem um conjunto de características, tanto positivas quanto negativas. Como exemplo posso citar o vermelho, que transmite força, energia, coragem, autoconfiança, assertividade, mas por outro lado também pode despertar sentimentos e associações negativas como raiva, sangue, arrogância, violência, agressividade. Para que a cor seja percebida de forma positiva é importante avaliar o contexto no qual ela será usada, e que traço da sua personalidade está sendo destacado.

Por esse motivo, no meu trabalho o tempo para conhecer e entender a personalidade de uma cliente é extremamente relevante. Para tanto, utilizo a Astrologia como ferramenta de autoconhecimento. A partir daí é possível saber que cartela de cores reflete a personalidade da pessoa, porque as cores têm características que se correlacionam com o temperamento de cada um.

Na consultoria de imagem é muito comum se utilizar uma técnica que é chamada de análise de cores. Que nada mais é do que um teste presencial aonde o objetivo é descobrir quais são as cores que mais favorecem a coloração pessoal do cliente. Com isso, a pessoa descobre qual cartela de cores (ou grupo) mais harmoniza com seu tom de pele, olhos e cabelos. Mas nem sempre a cartela de cores que mais favorece sua coloração pessoal reflete a sua personalidade.

Quando a cartela de cores não reflete a personalidade da pessoa, é importante que os objetivos de imagem estejam muito claros. E faz parte do meu trabalho identificar esses objetivos em conjunto com os clientes. Com isso posso avaliar quais cores melhor irão transmitir esses objetivos. Pensando em auxiliar quem tem problemas com a cartela de cores eu trouxe três dicas especiais. Confira:  

  1. Quando as cores que refletem a personalidade são mais vibrantes e intensas do que a cartela de cores que mais favorece a sua coloração pessoal.

Isso significa que ao usar cores muito intensas próximas do rosto elas irão se sobressair mais do que você. Fazendo com que a cor da sua roupa chame mais atenção do que você mesma. Para amenizar esse efeito você pode optar por tecidos de superfície opaca, ou usar um acessório próximo do rosto que esteja na sua cartela para fazer uma transição mais suave para a cor vibrante de sua roupa.

  1. O oposto do exemplo anterior – As cores que refletem a sua personalidade são mais sutis e discretas do que as da sua cartela de cores

Nesse caso a percepção é que a pessoa está usando cores mais apagadas do que a sua coloração permite. É como se as cores exercessem um papel mais secundário no seu visual. Usar acessórios nos tons de sua cartela de cores pode compensar e acrescentar esse toque.

  1. Use cores que você se identifica

Usar as cores com as quais você mais se identifica, mas que não te favorecem, na parte inferior do corpo, ou em acessórios como bolsas, sapatos, pulseiras, já que o maior efeito da cor na aparência é naquelas que estão próximas do rosto.

Quer mais dicas sobre identidade visual e imagem? Siga-me nas redes sociais e fique por dentro!