Posts

guarda roupa profissional

Como expressar sua personalidade no guarda roupa profissional

O ano está começando e é nesse início que os planos começam a sair do papel. Se um dos seus é alçar vôos mais altos na vida profissional, você encontrou o artigo certo para te auxiliar em um fator que pode ser o diferencial para receber uma promoção ou uma boa proposta. Hoje vou falar sobre como expressar sua personalidade no seu guarda-roupa profissional e como isso pode influenciar diretamente na sua carreira.

A roupa pode parecer apenas um detalhe diante de tantas qualificações que você possui no currículo, certo? Errado, e eu explico o porquê: o ser humano é por natureza um ser julgador, não existe uma separação clara entre quem é a pessoa e o que ela está vestindo, principalmente quando se trata de relações estritamente profissionais. Por esse motivo, suas roupas influenciam diretamente na percepção de caráter dela, podendo gerar um impacto positivo ou negativo para sua vida profissional.

Pesquisas comprovam que o conjunto de elementos que compõem a imagem de uma pessoa afetam a percepção do outro em termos de caráter, nível social, educacional e outros. Tudo isso acontece em frações de segundos, de forma inconsciente e automática, tornando o julgamento inevitável,  já que ele é instantâneo. Por esse motivo, o guarda-roupa profissional ideal deve levar em consideração alguns fatores, sendo o principal deles a personalidade.

Sendo assim, fica claro que quando a pessoa se veste de forma incoerente com a própria personalidade pode causar muitos erros de percepção e julgamento afetando diretamente a sua comunicação com os outros. Se vestir em desacordo com a profissão escolhida também gera o mesmo tipo de ruído na comunicação com as outras pessoas causando impacto negativo na sua carreira e impedindo que alcance suas metas na vida profissional.

Nesse  sentido, também é muito importante levar em consideração a profissão que você exerce, além do nível de formalidade da sua empresa. Esses fatores irão servir como parâmetro das suas escolhas. Além disso, observar o que as pessoas que ocupam os cargos mais altos na hierarquia vestem pode ser um bom indicador, na medida que são elas que representam a empresa.

Em profissões mais formais e tradicionais como o Direito ou a Medicina, por exemplo, é necessário manter certa discrição no vestir mesmo em momentos fora do ambiente profissional, já que um visual muito extravagante na vida pessoal pode afetar negativamente a percepção na vida profissional. Mas em áreas que trabalham com criação como moda, arte e cinema, por exemplo, tudo é permitido, claro que com uma dose de bom senso. O importante é que haja coerência entre o que é exigido profissionalmente e o quanto você pode ou não flexibilizar esse fator na vida pessoal.

Lembrando sempre que no ambiente corporativo as pessoas precisam enxergar em você suas qualidades como profissional, não só através de suas atitudes e comportamento, mas também pela aparência. A imagem é formada por todos esses fatores, e para que ela seja positiva e eficaz é importante não negligenciar nenhum deles até mesmo na hora de se vestir. Preparado para rever as peças do seu guarda-roupa profissional? Se ainda tiver alguma dúvida deixe aqui seu comentário!